Boa Tarde - 13:08:30 - Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014
 

| Home | Fale Conosco | Biblioteca Online | Organizações Parceiras | Publicações Acadêmicas | Loja Virtual |
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Transporte e Infraestrutura - Detalhes sobre essa informação
Título: Capital precisará de novo aeroporto em dez anos
Autor: Publicado no jornal Correio do Povo
Data: 02/03/2012
Link: http://www.correiodopovo.com.br/Impresso/?Ano=117&Numero=154&Caderno=0&Noticia=398287
Artigo:
Porto Alegre está entre as cidades que, segundo o presidente da Infraero, Antonio Gustavo Matos do Vale, deverão contar com novos aeroportos ou novas pistas nos já existentes nos próximos dez anos. A afirmação foi feita, ontem, após audiência pública da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado. Ele citou ainda, entre as capitais com necessidade de novas estruturas, Recife (PE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP).

Vale informou que ainda durante este semestre o governo vai decidir o que fazer com o Aeroporto Internacional Salgado Filho. De acordo com ele, o Exército deve concluir neste mês um estudo de viabilidade sobre a ampliação da pista, levando em conta questões como obstáculos nas redondezas e custo de desapropriações. Além das dificuldades climáticas, o problema, segundo ele, é que o Aeroporto não comporta aviões de carga. O Salgado Filho conta com capacidade de operação de 12 milhões de passageiros por ano, embora passem por lá apenas 7,8 milhões de passageiros. Com a nova pista, se esta for a decisão, a capacidade subirá para 17,8 milhões.

Vale defendeu para o Aeroporto um modelo de concessão que misture o projeto do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN), o primeiro a ser repassado à iniciativa privada, e as três concessões realizadas no mês passado pelo governo (Guarulhos, Campinas e Brasília). Mas o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, limitou-se a dizer que o governo estuda quais serão os aeroportos que poderão ser privatizados futuramente. Ele disse apenas que os recursos que a União vai receber das três concessões deste ano, cerca de R$ 1 bilhão, serão utilizados para melhorar a aviação regional do país.
© 2010 INSTITUTO LIBERDADE
Av. Ipiranga 6681 – Prédio 96B, Conj. 107 - Tecnopuc - CEP 90619-900 - Porto Alegre, RS, Brasil
55 51 3384-7158 55 51 3384-6893
| Desenvolvido por SUPORTA Web |
Perfil do IL no Facebook Siga o IL no Twitter Comunidade do IL no Orkut