Boa Noite - 23:01:48 - Domingo, 20 de Abril de 2014
 

| Home | Fale Conosco | Biblioteca Online | Organizações Parceiras | Publicações Acadêmicas | Loja Virtual |
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Transporte e Infraestrutura - Detalhes sobre essa informação
Título: Um cais onde atracarão os sonhos porto-alegrenses
Autor: Editorial do Jornal do Comércio
Data: 24/11/2011
Link: http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=79513
Artigo:
Ah, como esse bem demorou a chegar que nós, os porto-alegrenses, não sabemos se teremos no olhar toda a admiração e o encanto que queremos lhe dar. À frente, a todo vapor. Velas ao vento. Levantar as âncoras do atraso. Haverá a alegria de um barco voltando. O rio está calmo e o progresso nos espera. Aguardada pela população da Capital há pelo menos uma década, a revitalização do Cais Mauá será uma realidade. A cidade fará jus ao seu nome, um porto alegre. A liberação ocorreu após acordo com a União sobre o contrato firmado com o Consórcio Porto Cais Mauá do Brasil. Em 9 de novembro, o governador Tarso Genro apresentou aos empreendedores o termo aditivo proposto pela Antaq que revê o valor de arrendamento da área para R$ 3 milhões por ano. A medida corrigiu o contrato firmado em 2010. No modelo anterior, o valor era de R$ 2,5 milhões/ano para o uso da área do porto. Os recursos serão repassados à Superintendência de Portos e Hidrovias do Estado, que os aplicará em benfeitorias portuárias. É normal o atraso, pois tudo no Rio Grande do Sul vira um Grenal em que no mínimo há empate, com prorrogação, interrupções, às vezes algumas expulsões de ideias em nome de um embate geralmente descabido, eis que ideológico. A promessa é que, até a Copa do Mundo de 2014, muitas operações estarão em funcionamento.

Haverá investimento de R$ 540 milhões, instalação de hotel, centro comercial e centro de convenções, teatros, museus, restaurantes, centro infantojuvenil para atividades recreativas e praças e parques, totalizando 149 mil metros de área construída. E o Muro da Mauá, sempre criticado, terá a água tão reclamada, com cascatas caindo dele, num belo efeito paisagístico. O rio irá até o Muro da Mauá, já que ele não pode sair dali. É o que mandam o bom senso e a segurança da cidade contra inundações, a pior delas em 1941, mas houve outras, antes e depois. Se for implantada linha de bonde turística no Centro, a cidade respirará modernidade, serviços e a volta aos bons tempos da Rua da Praia.

Quem foi até o terminal dos barcos catamarãs, em frente à sede da Federasul, encantou-se com a facilidade de acesso, com o grande espaço para estacionamento e que está protegido justamente pelo Muro da Mauá, uma vez que apenas uma entrada e uma saída dos carros poderão ser bem monitoradas por policiais. Com a Revitalização do Cais Mauá não precisaremos mais voltar de Buenos Aires e do seu Puerto Madero embasbacados com tanta utilidade, iluminação, restaurantes, bares e até uma universidade funcionando no local. Nem suspirar pelos portos de Belém do Pará, de Lisboa ou de Barcelona, as referências mundiais de revitalização de portos. Enfim, temos o progresso. Porto Alegre apresentava grande obstáculo ao melhor futuro e à qualidade de vida dos seus habitantes por causa do orgulho e da presunção de alguns. Todos alegavam razão para discordar, quando em todos os argumentos contrários havia apenas paixões. Isso acabou ontem. No Cais Mauá, pelo menos. Agora, quando a luz do sol estiver se pondo no Guaíba e nos sentirmos cansados do trabalho, cuidaremos de renovar o nosso viver. Aí poderemos regressar ao Cais Mauá. Ele estará a nossa espera. Será lindo.
© 2010 INSTITUTO LIBERDADE
Av. Ipiranga 6681 – Prédio 96B, Conj. 107 - Tecnopuc - CEP 90619-900 - Porto Alegre, RS, Brasil
55 51 3384-7158 55 51 3384-6893
| Desenvolvido por SUPORTA Web |
Perfil do IL no Facebook Siga o IL no Twitter Comunidade do IL no Orkut