Boa Noite - 18:38:09 - Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014
 

| Home | Fale Conosco | Biblioteca Online | Organizações Parceiras | Publicações Acadêmicas | Loja Virtual |
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Segurança - Detalhes sobre esse artigo
Título: Assinado convênio para novo complexo penitenciário
Autor: Publicado no jornal Correio do Povo
Data: 23/06/2010
Link: http://www.correiodopovo.com.br
Artigo:
A nova penitenciária que será erguida em Canoas começa a ganhar forma. A governadora Yeda Crusius assinou ontem convênio referente às contrapartidas do Estado para a construção do Complexo Prisional da Região Metropolitana. Os investimentos de R$ 12 milhões serão destinados à construção de casas populares, ao distrito industrial e à aquisição de câmeras de videomonitoramento. O presídio terá capacidade para 3 mil detentos e será erguido no bairro Guajuviras, em uma área de 50 hectares, conforme protocolo firmado em fevereiro. A penitenciária será gerenciada e construída por meio de Parceria Público-Privada (PPP), entre Estado e uma empresa, que será escolhida via licitação até o final deste ano. A obra é estimada em R$ 200 milhões.

O complexo terá cinco prédios. Três módulos serão destinados ao regime fechado - serão 1,8 mil vagas para homens e 400 para mulheres. Outros dois prédios serão ao regime semiaberto e outro módulo para a central administrativa. Contará ainda com projetos envolvendo programas educacionais e profissionalizantes. Somente em parceria com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do RS (Sinduscon), estão previstas 3 mil vagas na construção civil para detentos que estiverem inseridos na iniciativa.

Segundo a governadora, novos presídios nos mesmos moldes serão erguidos em Venâncio Aires, Camaquã, Alegrete e Guaíba. "Estamos saindo da era medieval e entrando em uma era moderna, incluindo forte tecnologia, além dos programas de ressocialização", destacou. Até o final do ano, Yeda Crusius garantiu que 1,8 mil novas vagas serão abertas no sistema prisional do Estado. "As 10 mil já existentes serão reformuladas, com um novo projeto para atender aos detentos", afirmou. Ontem, a governadora entregou, em frente ao Palácio Piratini, 27 novas viaturas à Superintendência dos Serviços Penitenciários.
© 2010 INSTITUTO LIBERDADE
Av. Ipiranga 6681 – Prédio 96B, Conj. 107 - Tecnopuc - CEP 90619-900 - Porto Alegre, RS, Brasil
55 51 3384-7158 55 51 3384-6893
| Desenvolvido por SUPORTA Web |
Perfil do IL no Facebook Siga o IL no Twitter Comunidade do IL no Orkut